O Centro Espírita ou Casa Espírita

 Unidade fundamental do movimento espírita.  

Para falar de Centro Espírita, precisamos primeiro falar de Doutrina Espírita, que é   

[...] o conjunto de princípios e leis, revelados pelos Espíritos Superiores, contidos nas obras de Allan Kardec que constituem a Codi!cação Espírita: O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns,
O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese. (Programa Complementar, Modulo XI, Roteiro 1. FEB)

E Movimento Espírita?

É o conjunto das atividades realizadas por pessoas (isoladamente ou em conjunto) e por Instituições Espíritas e que visa colocar a Doutrina Espírita, contida nas obras básicas de Allan Kardec, ao alcance e a serviço da Humanidade, através do seu estudo, de sua prática e de sua divulgação. (Programa Complementar, Modulo XI, Roteiro 1. FEB)

Em Rondônia somos 41 Casas e estamos divididos, para melhor organizarmos o trabalho, da seguinte forma:

1º CRE
2º CRE
3º CRE
4º CRE
5º CRE
Voltando ao Centro Espírita, o que seria então uma Casa ou Centro Espírita segundo a literatura espírita?



  

“O Centro Espírita é uma escola onde podemos aprender e ensinar, plantar o bem e recolher-lhes as graças aprimorar-nos e aperfeiçoar os outros na senda eterna”.
(Emmanuel, psicografia de Francisco Candido Xavier, O Reformador, 1951)

  
“São escolas de formação espiritual e moral, que trabalham à luz da Doutrina Espírita”.
“São núcleos de estudo, de fraternidade, de oração e de trabalho, praticados dentro dos princípios espíritas”. (Orientação ao Centro Espírita, FEB, 2006)

  

Escola

Oficina de Trabalho

  
É uma oficina de trabalho onde nos aprimoramos para bem servir a divindade por meio da nossa transformação moral e do socorro, a nós e aos nossos irmãos.

“São oficinas de trabalho que proporcionam aos seus frequentadores oportunidades de exercitarem o próprio aprimoramento íntimo pela prática do Evangelho em suas atividades”.
​  
(Orientação ao Centro Espírita, FEB, 2006)
  
  

Hospital 

  
Hospital de almas porque enfermos todos somos.
   
“São postos de atendimento fraternal para todos os que os buscam com o propósito de obter orientação, esclarecimento, ajuda ou consolação”.
   
(Orientação ao Centro Espírita, FEB, 2006)
  
​​

Santuário de Bençãos

  
 Santuário de bênçãos onde nos localizamos para o intercâmbio sublime com a divindade, por meio dos prepostos de Jesus Cristo guia e modelo da humanidade, que Deus nos ofereceu, para servir-nos de grande luz no túnel dos sofrimentos.

​  
“São casas onde as crianças, os jovens, os adultos e os idosos têm oportunidade de conviver, estudar e trabalhar, unindo a família sob a orientação do Espiritismo”.

“São recantos de paz construtiva, que oferecem aos seus frequentadores oportunidades para o refazimento espiritual e a união fraternal pela prática do “amai-vos uns aos outros”.

“São núcleos que se caracterizam pela simplicidade própria das primeiras casas do Cristianismo nascente, pela prática da caridade e pela total ausência de imagens, símbolos, rituais ou outras quaisquer manifestações exteriores”.

“São as unidades fundamentais do Movimento Espírita”.
  
  
 (Orientação ao Centro Espírita, FEB, 2006)
  

Estrutura de uma Casa Espírita 

  
Segundo o livro Orientação ao Centro Espírita (FEB, 2006) que foi pensado pelo conjunto das Federativas Estaduais, as atividades básicas de uma Casa Espírita são:

  • Palestras Públicas
  • Atendimento Espiritual
  • Estudos Sistematizados
  • Evangelização Infância e Juventude
  • Divulgação da Doutrina Espírita
  • Assistência e Promoção Social Espírita
  • Estudo e Educação da Mediunidade
  • Reuniões Mediúnicas
  • Participar da União e Unificação
  • Atividades Administrativas
  • Família
  
  
​​
Clube de Arte: Música Santa Casa Santa - Carlinhos Conceição